[Reino Unido] Leo Baxendale: Uma inspiração anárquica

reino-unido-leo-baxendale-uma-inspiracao-anarqui-1

Leo Baxendale, o ilustrador de quadrinhos e criador de “Minnie The Minx”, “The Bash Street Kids” e muitas outras tirinhas e personagens, morreu no domingo, dia 23 de abril, aos 86 anos. Leo, próximo do anarquismo, contribuiu com o artigo “The Beano and the national consciousness” para a “Raven 34” (“Freedom Press”, Primavera de 1997).

Esta foi uma resposta ao artigo fortemente ilustrado por Gavin Burrows, “The slipper and the rebel, The Beano and Baxendale’s bad-child brood”, reimpresso da “Comics Forum” na “Raven 33” (Primavera de 1996). Ambos os números da “Raven” estão ainda disponíveis na livraria “Freedom”.

Ele foi uma influência para Alan Moore e o cartunista da “Freedom”, Donald Rooum, que colaborou com Baxendale como artista da “WHAM!” nos anos 60 e 70. Nos anos 60, no auge de sua fama e sucesso, usou seu salário para fundar influentes jornais anti-guerra (ele teve papel de importância por um tempo na CND), e mais tarde, nos anos 80, usou sua arte para campanhas contra o governo conservador e em solidariedade aos mineiros.

Principalmente, dos anos 50 aos 90, seu trabalho celebrou a rebelião, desobediência, solidariedade contra a autoridade e a ordem por uma geração. Ele manteve o vermelho e negro nos pullovers de personagens e páginas de quadrinho.

Fonte: https://freedomnews.org.uk/leo-baxendale-an-anarchic-inspiration/

Tradução > Imprensa Marginal

Tirado de: agência de notícias anarquistas-ana

Advertisements

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s

%d bloggers like this: