Um operário morreu em acidente laboral na central de Alcoa em Cervo

c463aa4baf9e1f7011f686e6d19bfaf6_XL

A fatoria de Alcoa em Cervo registou um acidente mortal esta terça-feira, de manhá, na central de produçom de alumínio. O operário falecido, empregado de umha empresa subemprenteira, realizava labores de manutençom numha ponte polivalente, máquina pesada sobre rais, quando terá ficado preso nalgum mecanismo da máquina. Equipas de emergências e da Inspeçom de Trabalho deslocárom-se ao local do acidente, que custou a vida de um trabalhador de 40 anos.

A empresa responsável pola segurança do operário chama-se Reymogasa e pertence ao grupo IMASA, auxiliar da multinacional Alcoa. O seu quadro de pessoal é de 300 pessoas, que se concentrárom na manhá de hoje em protesto polo acidente mortal que custou a vida a um companheiro. A paralisaçom de atividade, prevista até as 17 horas, tem como objetivo “medidas de segurança objetivas e nom para fazer de conta que se fai”. Porém, habitualmente este tipo de acidentes ficam sem esclarecer nem apurar responsabilidades patronais.

Advertisements

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s

%d bloggers like this: