[Chile] Comunicado das Células de Propaganda Moica Morada e atualização do “Caso PDI”

Comunicado tirado de Contra Info:

Às vezes, observamos como a fadiga, opressão e o desespero começam lentamente a consumir-nos. A ansiedade percorre o nosso corpo, a paranóia cresce, muitxs de nós encontramos-nos com o peito apertado perante o abismo que nos tenta a cair, as emoções voam e sentimentos correm de forma selvagem através dos nossos corpos, é verdade, não somos imunes ao nosso entorno, em especial nas situações extremas e devemos precavermos-nos para que nenhuma gota caia ao longo do caminho.

Escrevemos este parágrafo breve como parte da nossa pequena confissão, há que ser honesto, este caminho é difícil e extenso mas uma coisa que aprendemos é que gostaríamos que cada leitor dos por vezes confusos comunicados, ou um pouco confusos pelo menos, entendesse que não podemos vacilar ou abrandar as nossas posições – parece complexo mas isso vai permitir-nos criar um mundo novo no nosso coração. Por isso mesmo, as nossas chamadas são no sentido da solidariedade para além da afinidade; é chegada a hora de conceber uma grande rede de solidariedade que não seja apenas um grupo fechado numa sala discutindo entre si, mas que cada gesto, cada determinação individual ou em grupo, cada acção insurreicional, cada grito contra a autoridade, cada golpe contra o poder, contribuam para a construção de uma união em acção em cada anarquista, anti-autoritárix e insurretx ou anti-carcerárix, para além do momento do ato em si, sendo isto uma receita inútil se não se quiser espalhar o gesto pelos meios que conhecemos. Mas chega de falar sobre nós; não procuramos aqui posicionar as nossas próprias ideias e é importante não perder nunca de vista esse foco! Então, vamos lá:

Há um mês que se fez uma chamada solidária a qual obteve um eco de alegria por todo o mundo, demonstrando dessa forma que a solidariedade não tem limites nem fronteiras fictícias, determinadas por estas nações – já que por regiões tão longínquas, como por exemplo Grécia ou Espanha, encontrarem eco numa chamada deste tipo é que há que deixar claro que não se pode dar nem um passo atrás nesta guerra. É também nossa opinião que é importante propagar as acções que emanaram de diferentes lugares para que não sejam retidas no silêncio nem sejam afogadas na voragem da urbe.

15 de Out: Grécia: ataque com bombas molotov contra esbirros.

18 de Out: Solidariedade ativa com xs compas do caso PDI a partir do Liceu Manuel Barros Borgoño. Traduzidos em alemão e grego.

19 de Out: Solidariedade ativa com xs compas do caso PDI a partir do Liceu Manuel Barros Borgoño. Mais o vídeo do ataque contra os carros da polícia.

19 de Out: Santiago: Bomba de ruído contra recinto que guardava una antena celular electromagnética.

19 de Out: Grécia: Faixas em solidariedade com o “Caso PDI”. (I e II)

20 de Out: Santiago: Jornada pela libertação dxs presxs da guerra social na UAHC.

21 de Out: Santiago: Concentração durante uma nova tentativa de início da fase de audições do julgamento.

23 de Out: Cartaz solidário com xs compas do “Caso PDI”.

23 de Out: Santiago: Ataque explosivo a sucursal do BancoEstado em Macul.

26 de Out: Comunicado de Nicolás Rojas e Joaquín Garcia.

E muitas mais acções anónimas que dotaram de gestos esta interrupção que sendo só simbólicas não representam nenhuma espécie de limite. Todas estas acções geram a solidariedade que tão necessária é nestes tempos adversos nos quais  o Estado e os seus cães de colo deambulam em busca de vingança perante as acções anti-autoritárias que atentaram contra a sua falsa normalidade, sendo que esta adversidade não nos deve encontrar sózinhxs, a chamada é para o auto-cuidado e ao cuidado de nós mesmxs, frente ao inimigo.

A modo de atualização só referir que, na passada audiência do dia 10 de Novembro, se adiou novamente o início da fase oral para o dia 28 do mesmo mês, de modo a serem articuladas novas defesas e algumas reparações técnicas que não vêm ao caso. Por isto mesmo, foi lançada ao vento uma nova chamada à solidariedade, face à vingança inquisitorial planeada pelos juízes e à brigada de delitos complexos da PDI que andam a ver se prolongam o sequestro dxs nossxs companheirxs para 23 anos de presídio efetivo.

A chamada não é para claudicar e há que gritar aos 4 ventos que viva a anarquia, pois as nossas mãos têm fogo, chumbo e xs seus pescoços são o nosso objectivo, não deixando ninguém só!

SOLIDARIEDADE E ACÇÃO PELA LIBERDADE DOS PRISIONEIROS DO ESTADO E CAPITAL NO MUNDO!

PRESXS EM GUERRA EM LIBERDADE JÁ!

AMARU, FELIPE, MANUEL, NATY E Mª PAZ EM LIBERDADE AGORA!

Células De Propaganda Moica Morada

Advertisements

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s

%d bloggers like this: