Esquivando-se

blog-palavras-vazias-o-pensamento-simbolico-em-r-1

O que constitui os verdadeiros prazeres da vida? O que faz uma vida autêntica? Certamente, as respostas que posso oferecer a essas questões são radicalmente diferentes das respostas que qualquer outra pessoa poderia oferecer a elas. Afinal, nada pode subverter a singularidade irredutível da existência de cada pessoa, por mais que os modos de impessoalização e massificação irrompam ubíquos na vida cotidiana de todos nós.

Adentramos o terreno pantanoso da questão da autenticidade, paisagem cada vez mais desolada e árida no horizonte da pós-modernidade; paisagem nauseabunda de miasmas pútridos e fétidos, emanados do cinismo pós-moderno em seu niilismo passivo, em sua vontade de nada. Tempos lúgubres estes, nossos miseráveis tempos pós-modernos, nos quais não há refúgio possível, nos quais não há santuário em que se abrigar, pois o vazio é onipresente.

Como se não bastasse, há uma asquerosa veneração do vazio, da superficialidade, da nadidade, como se tais fossem sintomas de vanguardismo e de uma nova criticidade. Se ao menos as pessoas soubessem que essa nova criticidade significa justamente a morte da crítica, a renúncia ou recusa deliberadas de considerar qualquer questão sob uma perspectiva que tome um posicionamento claro acerca da questão abordada.

O conceito de todas as coisas está diluído nessa nulidade hipócrita. O que é a arte hoje senão um culto desprezível à futilidade burguesa? Para tomar emprestadas as expressões de outros pensadores, o que revela a arte pós-moderna senão a ascensão da insignificância e a celebração da impotência?

Fechando o círculo: o que constitui os verdadeiros prazeres da vida? O que faz uma vida autêntica? Uma resposta tipicamente pós-moderna seria: não cabe ao autor impor qualquer posicionamento ao leitor. Tal heresia feriria o cânone da morte do sujeito.

Como abomino o pós-modernismo com todas as minhas forças, digo em altíssono: meu posicionamento é deveras claro, e se quiserem conhecê-lo, aproximem-se de mim.

Tirado de Palavras Vazias

Advertisements

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s

%d bloggers like this: