[Espanha] As relações entre ‘Skin Retiro’ e ‘Hogar Social’ de Madrid

espanha-as-relacoes-entre-skin-retiro-e-hogar-so-1

Golpe policial contra a extrema-direita mais violenta de Madrid. 16 membros do grupo Skin Retiro foram detidos acusados de crimes de ódio, e mais de quarenta crimes, tais como ameaças, lesões, lutas tumultuosas e roubos. Entre o material apreendido estão armas brancas, sprays de defesa, armas de choque, cassetetes expansíveis e uma vasta gama de símbolos nazistas. Os detidos, alguns dos quais são membros dos Ultra Sur e da Frente Atletico (grupos de hooligans de extrema-direita), atuavam nos distritos madrilenhos de Salamanca, Chamartin, Centro e, em particular, no distrito de Retiro, onde eles tomam o nome e onde fazem graffitis e colam adesivos com os quais reivindicam seu território. Além disso, dois dos detidos estão envolvidos em ataques que feriram dois jovens na semana passada em San Sebastian de los Reyes.

Um membro do Skin Retiro participou na manifestação contra o despejo de uma barbearia no bairro de Salamanca próximo ao HSM.

Embora nos distritos mencionados suas ações violentas eram suficientemente conhecidas, assim como sua ideologia neonazista, este pequeno grupo –formado principalmente por jovens de 18 a 25 anos, ganhou importância após a Feira do Livro realizada ano passado no parque Buen Retiro. Durante o evento literário tradicional, cinco membros do Skin Retiro agrediram o colaborador da livraria La Malatesta, de temas libertários.

Ligações com o “Hogar Social Madrid”

Entre as fotografias que a polícia encontrou com o material apreendido durante a batida, há de forma destacada uma bandeira do Hogar Social Madrid Ramiro Ledesma (HSM), grupo de extrema-direita que, nos últimos dois anos tem ocupado vários edifícios na capital espanhola. Dado este fato, o HSM emitiu um comunicado em que se apresenta como vítima de uma “montagem policial”. Segundo a versão do xenófobo HSM, a bandeira, juntamente com outros materiais, foi apreendida durante o despejo da sede que tinham na Rua José Abascal.

No entanto, mesmo verdadeira a versão de “montagem da polícia”, este fato não significa que o Skin Retiro não tem mantido ligações com o HSM. De acordo com fontes consultadas, em diferentes vídeos de ações do HSM se pode identificar alguns membros do Skin Retiro, tais como na greve dos desempregados em março de 2015, no despejo de uma barbearia no bairro de Salamanca, em que a flâmula do HSM é sustentada por Melisa D. Ruiz, porta-voz da casa de extrema-direita, junto a CCM, um dos líderes do Skin Retiro e um dos presos na operação policial.

Fonte: https://directa.cat/actualitat/relacions-entre-skin-retiro-lhogar-social-de-madrid

Tradução > Liberto

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2016/03/14/espanha-madrid-se-mobiliza-contra-o-fascismo/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2015/09/29/espanha-demonstracao-de-forca-neonazista-no-bairro-madrilenho-de-tetuan/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2015/05/29/espanha-um-grupo-neonazi-ataca-a-barraca-de-la-malatesta-na-feira-do-livro/

 

Advertisements

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair / Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair / Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair / Cambiar )

Google+ photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google+. Sair / Cambiar )

Conectando a %s

%d bloggers like this: