[Grécia] Okupa K*Vox: Chamamento contra a perseguiçom de três companheiros

Informaçom da ANA:

csokvoxEm 3 de novembro os compas George Kalaitzidis, Thanassis Liakopoulos e Thanasis Petratos, membros do Centro Social Ocupado K*Vox som chamados a defender-se ante um juiz de instruçom polas acusaçons de posse de armas e sequestro de umha pessoa, como resultado de umha perseguiçom coordenada que começou no passado mês de abril. De feito, em 28 de abril os companheiros foram chamados a defender-se na Direçom Geral da Polícia, no marco da investigaçom da Fiscalia sobre a intervençom de anarquistas contra as máfias, realizada em 22 de março de 2014 na praça de Exarchia.

A intervençom do fiscal e a perseguiçom que a sucedeu estám baseadas unicamente numha chamada telefônica anônima (dum número que nom foi registrado, já que a Direçom Geral da Polícia, como acabamos de nos inteirar, nom dispom do serviço de identificador de chamadas) na qual se fez a seguinte denúncia: “Por quê fazeis vista grossa e nom se ocupam em absoluto do sequestro que aconteceu no sábado em Exarchia? Pois vós sabeis também que está envolvido o grupo de Yiorgos Kalaitzidis, no qual participam também Thanasis Liakopoulos e Thanasis Petratos, que mantêm conflitos com os grupos da máfia no bairro”. É evidente que se trata dumha chamada da Polícia, umha armaçom feita para pôr no ponto de mira os compas. Notamos que os donos de negócios do bairro, de acordo com o arquivo da promotoria concernente ao caso, ignoram o incidente.

A fábrica das chamadas anônimas com o propósito de pôr no ponto de mira a luitadores conhecemos de sobra faz muito tempo. É umha das práticas da Agência de Inteligência que foram utilizadas reiteradas vezes para justificar as investigaçons nos fogares de muitas anarquistas e companheiras de K*Vox. Mas o que nom sabíamos é que os mecanismos da Justiça chegaram a aceitar umha chamada anônima como prova suficiente para processar. Esta prática recorda as perseguiçons após a época da Guerra Civil, que se realizavam na base da ideologia do perseguido, quando a testemunha de um policial secreto era suficiente para processar a um luitador.

Ao mesmo tempo, o Estado toma posiçom em relaçom com a resistência expressada polas habitantes, luitadoras e coletivos em Exarchia, através da Assembleia Popular de Exarchia, na qual participa K*Vox, contra as máfias e o tráfico de drogas que som umha praga para o bairro. A perseguiçom de nossos camaradas pola Justiça e a colocaçom de nosso projeto no ponto de mira com publicaçons dos conhecidos papagaios dos meios de desinformaçom, tiveram como resultado o ataque à ocupaçom com ao menos 7 tiros na manhã de 3 de junho, por uns capangas. O Estado tomou umha posiçom a favor das máfias que traficam drogas no bairro, mas agora nom só os tolera e protege, senom que também lhes sugerem quem som os que as ameaçam.

O Estado, no marco de sua tentativa de piorar o bairro de Exarchia e de eliminar a cultura de resistência promovida pola gente luitadora e os coletivos que tem atividade no bairro, faz vista grossa ante qualquer movimento dos mafiosos em todos os níveis, e por outro lado acusa aos três compas nossos, perseguindo-os por umha açom anarquista mais radical contra as máfias. Enquanto que o único dado verdadeiro contra eles é sua participaçom em projetos auto-organizados através dos quais propom a autogestom e a autoproteçom do bairro. Deste modo é criminalizada indiretamente toda a açom das assembleias e suas atividades no bairro de Exarchia.

O objetivo do Estado e seus mecanismos é específico: o de aterrorizar aos que resistem. Sabemos que todos os aspectos da açom política do K*Vox nos pom no ponto de mira, já que indicam um caminho diferente, umha possibilidade diferente de organizaçom social, como parte da luita por derrubar o sistema.

Tirem as mans de nossos compas!

K*Vox

Deixar unha resposta

introduce os teu datos ou preme nunha das iconas:

Logotipo de WordPress.com

Estás a comentar desde a túa conta de WordPress.com. Sair /  Cambiar )

Google photo

Estás a comentar desde a túa conta de Google. Sair /  Cambiar )

Twitter picture

Estás a comentar desde a túa conta de Twitter. Sair /  Cambiar )

Facebook photo

Estás a comentar desde a túa conta de Facebook. Sair /  Cambiar )

Conectando a %s

%d bloggers like this: